Inclusão Digital

Relações Estratégicas com a Sociedade

Energias Renováveis

Notícias da SEAE

20/03/2017

UEL recebe aluno estrangeiro em seu laboratório de Química Prebiótica

Em 2016, o Laboratório de Química Prebiótica (LQP) da Universidade Estadual de Londrina (UEL) recebeu o estudante estrangeiro, Saúl Villafañe-Barajas, da Universidade Autonoma do Mexico (UNAM) para um estágio de 4 meses.
O projeto de cooperação entre as universidades começou a partir de um troca de e-mails entre o Prof. Doutor Dimas Zaia, do Departamento de Química, e a Profa. Dra. Maria Colin Garcia, do Departamento de Geologia Regional da Universidade Autonoma do Mexico (UNAM).
Neste momento, será a vez de um aluno da UEL, João Paulo Trevisan Baú, estudante de doutorado em química, que irá para o laboratório da universidade mexicana.
De acordo com o Prof. Doutor Dimas, o estudante mexicano participou de diversas atividades no LQP: ``Frequentou o projeto de pesquisa, laboratório, seminários gerais, de pós-graduação, dois eventos e ele também apresentou trabalhos nesses eventos.`` conta.
A presença de um aluno estrangeiro também foi interessante para o laboratório, como afirma João Paulo: ``Algumas técnicas de laboratório que a gente usa aqui são especificas e lá eles têm outras, então ele trouxe uma experiência de como eles fazem esses experimentos lá, de como eles analisam e trocamos essa informação de como fazemos aqui.`` Conforme o doutorando, não é somente a questão de equipamentos, ``Mas de estudo, teoria``, relata.
Para o Prof. Dimas, a presença vai além: ``A experiência foi positiva porque não é só um ganho de experiência, por exemplo, o Saúl é geólogo, não é químico, então ele tem um outro tipo de conhecimento.`` Outras perspectivas também agregam em um ambiente de laboratório: ``tem outros aspectos, culturais, tem um outro modo de ver as coisas``, afirma.
Em relação ao seu aluno João Paulo, acredita que A experiência será enriquecedora. “Ele vai para uma universidade com excelente estrutura, com um grupo já estabelecido, tradicional na área, vai ter contato com pessoas que têm experiência na área, isso é muito bom.`` Os aspectos culturais também foram comentados pelo professor: ``Sem falar de conhecer o país, a cultura, o México possui uma enorme riqueza cultural”.
A experiência do intercâmbio de Saúl e a expectativa da viagem de João Paulo, amplia novas trocas entre os laboratórios, ``Esperamos que venham outros estudantes para cá, a gente consiga mandar outros estudantes para lá, eu gostaria de trazer a professora Maria para passar um tempo conosco``, conclui.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.